Graninha para ator – casting Agronegógio

Blog   |       |    14 de julho de 2010    |    4 comentários

Como anda circulando por aí o ‘casting’ para o comercial do Banco do Brasil sobre o agronegócio, a Revista Bacante – consciente da necessidade dos atores e atrizes de nosso Brasil em ganhar o pão de cada dia – resolveu ajudar você !

Aqui vai o texto original, e logo abaixo quem ‘pode’ e quem ‘não pode’ participar

Banco do Brasil – Agronegócio
12 meses
Nacional
Exclusividade: instituições financeiras
Midias Eletronicas, Alternativas e Internet
2 diarias entre: 19 a 24/07 fora de SP
Ensaio e prova de figurino
Cache teste com cópia do DRT
Teste vt: quarta feira
Adultos: R$3000,00 + 20%
Crianças: R$1000,00 + 20%

Também quase aprovado Midia Impressa na mesma diária:
Adultos: + R$3000,00 + 20%
Crianças: + R$1000,00 + 20%

Todos do elenco precisam ser atores, gente que tenha um jeito doce de contador de histórias,
são pais dando conselhos aos seus filhos.
Pensar na semelhança entre eles
As crianças precisam ter a dentição completa, não mandar sem dentes, nem crianças grandes!

Loiro Brasileiro
Pai de 35 anos: “loiro brasileiro” do campo, um homem trabalhador bem sucedido, fazendeiro
No Anexo foto do Henrique como referencia!
Filho: loiro/castanho claro, 6 anos, super meigo, falando com o pai…tem texto

Mulato quase negro
Pai de 70 anos: negro mais para o mulato, um homem que trabalhou duro e se deu bem, tem
uma criação de gado
Filho de 40 anos: negro mais para o mulato, trabalha com o pai mas estudou.

Familia de Japoneses:
Pai de 45 anos bem sucedido, simpático, doce no jeito de falar, raro num japones….!!!
Mãe de 40/45anos
Filha de 18 anos

Morenos de pele clara
Pai de 40 anos dono de uma loja
Filho de 20 anos
Filho de 8 anos com texto

Agora o que ‘pode’ e o que ‘não pode’ – pra você não perder tempo (a não ser que só esteja atrás do cache teste!)

1. “Todos do elenco precisam ser atores, gente que tenha um jeito doce de contador de histórias”

PODE:

NÃO PODE:

2. “As crianças precisam ter a dentição completa, não mandar sem dentes”:

PODE:

NÃO PODE:

3. “Pai de 35 anos: “loiro brasileiro” do campo”

PODE:

NÃO PODE:

4. “um homem que trabalhou duro e se deu bem”:

PODE:

NÃO PODE:

5. Pra terminar, “NÃO PODE DE JEITO NENHUM”:

Na certeza de ter ajudado,

Boa Sorte a todos

pra frente Brasil!

P.S:  Sobre os itens: “Mulato quase negro” e “Morenos de pele clara” infelizmente não temos o que dizer…

'4 comentários para “Graninha para ator – casting Agronegógio”'
  1. Astier Basílio disse:

    Brasil, um país de todos

  2. Astier Basílio disse:

    aliás, to com uma pergunta. É q no twitter da @bacante a chamada pra esse post tá assim: “A Bacante ajuda você a ganhar uma graninha com o agronegócio”. Pensei que a peça publicitária fosse feita pela Confederação Nacional da Agricultura, mas não. É do Banco do Brasil – um país de todos. Pensei ainda em situações hipotéticas. Tipo, a prefeitura de São Paulo, por exemplo, já que a revista é de São Paulo, fazer uma peça publicitário sobre, sei lá, movimento negro ou negritude. Bom, estamos ainda no campo das hipóteses. A prefeitura de São Paulo, então, elaboraria uma peça publicitária em termos semelhantes a estes aí do Banco do Brasil, bom, então teríamos uma chamada no twitter: “A Bacante ajuda você a ganhar uma graninha com o movimento negro”?

  3. É certo que sim, zoaríamos.
    Por mais que o que você sugere como hipótese seja trivial comparado com os pedidos do Banco do Brasil.
    Pedir negros pra falar sobre o movimento negro é o óbvio.
    Pedir “loiro brasileiro”, “homem que trabalhou e se deu bem”, “crianças com dentição completa” pra propaganda de agronegócio de banco público é preconceituoso.
    Ou seja, zoaríamos de qualquer maneira, mas não vejo a razão da sua comparação.
    Abraço

  4. Astier Basílio disse:

    a questão, não do post aqui do blog, mas da tuitada é que é bem outra. No twitter, dá-se a impressão, ao menos eu entendi assim, que quem vai pagar é essa entidade inominada chamada “agronegócio” e não o Banco do Brasil que é quem tá contratando, que é quem tá pagando. A graninha é com o BB. É ele quem tá pagando.

O que você acha?

A Bacante é Creative Commons. Alguns direitos reservados. Movida a Wordpress.