Cachorro Morto


30 de setembro de 2010, 0 comentários

Proporções áureas na dialética constante forma x conteúdo a partir de um cachorro assassinado

[Críticas] Ler mais →

O Grande Cerimonial


29 de setembro de 2010, 0 comentários

No ranking brasileiro de assuntos teatrais: o “vazio” acaba de empatar com a “incomunicabilidade” !

[Críticas] Ler mais →

É Só Uma Formalidade


28 de setembro de 2010, 1 comentários

Quantas peças mais sobre a crise da incomunicabilidade humana serão preciso para vencê-la?

[Críticas] Ler mais →

O Ruído Branco da Palavra Noite


28 de setembro de 2010, 0 comentários

Teatro pelo Teatro pelo Teatro pelo Teatro pelo Teatro… e as receitas russas para o silêncio no teatro

[Críticas] Ler mais →

Gran Circo Máximo


28 de setembro de 2010, 0 comentários

Os restos da moderna construção do futuro

[Críticas] Ler mais →

Voo ao Solo


26 de setembro de 2010, 4 comentários

Aqui o “solo” pode significar chão, pode significar que é um monólogo, pode significar que tá falando sozinho mesmo.

[Críticas] Ler mais →

Simplesmente eu, Clarice Lispector


26 de setembro de 2010, 7 comentários

É um morcego dando voo rasante? Não! É Clarice Lispector reencarnada? Não! Então o que que é?

[Críticas] Ler mais →

A comédia dos Erros


22 de setembro de 2010, 1 comentários

Dois irmãos dirigindo a história de dois pares de irmãos gêmeos shakesperianos.

[Críticas] Ler mais →

DIZER CHUVA E QUE CHOVA (Decir lluvia y que llueva)


12 de setembro de 2010, 0 comentários

“Chove chuva, chove sem parar, pois eu vou fazer uma prece, pra Deus, Nosso Senhor. Pra chuva parar de molhar, o meu divino amor…”

[Críticas] Ler mais →

Chat


31 de agosto de 2010, 11 comentários

Versão experimental da crítica que só foi possível graças à existência da Internet

[Críticas] Ler mais →

Chat


31 de agosto de 2010, 2 comentários

Versão irônica demais, pra quem não está de mau-humor hoje e/ou acredita que crítica de teatro não é, necessariamente, coisa séria…

[Críticas] Ler mais →

Chat


31 de agosto de 2010, 0 comentários

Versão que você pode achar acadêmica, arrogante, séria demais e nada a ver com a Bacante…

[Críticas] Ler mais →

Donka – Uma carta para Chekhov

De quando o circo me faz perceber que estou ficando velho. Ou que de novo ele não tem tanto assim, não.

[Críticas] Ler mais →

Paloma para Matar


25 de agosto de 2010, 0 comentários

“Bonecas falando para o mundo” – já dizia Rodrigo Dourado

[Críticas] Ler mais →

Kamchátka


11 de agosto de 2010, 0 comentários

Como a peça é única a cada apresentação, você nem vai ficar bravo com o Astier contando o final… e as melhores partes.

[Críticas] Ler mais →

Kamchátka


11 de agosto de 2010, 1 comentários

Sem palavras mas com muito pra contar, oito atores tomaram as ruas dos distritos de São José do Rio Preto.

[Críticas] Ler mais →

Kamchátka


11 de agosto de 2010, 0 comentários

Kamchátka como lupa das contradições da realidade e do próprio discurso/conceito curatorial do FIT São José do Rio Preto 2010

[Críticas] Ler mais →

Caleidoscópio


30 de julho de 2010, 0 comentários

Um caleidoscópio belíssimo com tubo imenso, complexos espelhos que transformam-se semana a semana e restritos pedaços de vidro moído cuidadosamente selecionados ao pagarem o custo de R$40,00 a sessão.

[Críticas] Ler mais →

O Sobrado


13 de julho de 2010, 3 comentários

Não é só frio que vem lá do sul

[Críticas] Ler mais →
Mais novos          Mais antigos
A Bacante é Creative Commons. Alguns direitos reservados. Movida a Wordpress.